Eu falo, tu falas, ele fala, nós falamos….

Essa semana me deparei em frente ao computar pensado no que ia escrever no meu Café, pensei, repensei, pensei novamente, construí vários texto mentais sobre o mais diversos assuntos, contudo julguei que seria interessante falar sobre o nada, sobre os brancos literários, mas em meio a toda essa crise do que escrever me veio a ideia de refletir um pouco sobre a vontade do muito falar abafada pela vontade de ficar em silêncio….

Quantas e quantas vezes estamos sentados numa mesa de Café entre amigos, nós ouvimos um super absurdo, e para o bem geral da nação a gente se cala. Quantas vezes em família nós deixamos passar um monte de probleminhas, vamos nos segurando pra não declarar a terceira guerra mundial. Quantas histórias lindas de amor deixam de ser vividas pelo simples fatos dos sentimentos não serem verbalizados.

Diante das injustiças do mundo, dos governos corruptos, da indiferença humana, a gente se cala por não querer ousar e ser a única voz que clama no deserto.

Hoje nós vivemos quase numa ditadura do politicamente correto ao extremo, não se pode fazer uma piada, uma brincadeira, dizer algumas palavras porque é tudo preconceito, falta de respeito. E por medo do que vão pensar de nós nos calamos.

Se durante toda a História todos tivessem ficados calados, o que seríamos de nós? Imagine se os revolucionários, os subversivos, os profetas, os discípulos, os intelectuais, os poetas, os compositores, o homem e a mulher comum tivesse se calado, certamente no “processo evolutivo da História” não estaríamos onde estamos.

Aqueles que ousaram falar foram os que transformaram a História, que não temeram como seriam vistos, que não tiveram medo sequer da morte e preferiram seguir firmes e fortes com suas ideologias, teologias, crenças e ideias.

Pra ser uma pessoa que muda o mundo é preciso dizer, se comunicar, sair do campo das ideias colocando-as pra fora, denunciar.
As palavras estão aí para serem utilizadas, e hoje é tão mais fácil se fazer ouvir, pois temos os mais diversos meios pra fazer a comunicação fluir.

Mas é claro que estou me referindo as falas, aos dizeres que podem contribuir para a transformações de realidades, que buscam tornar o mundo melhor, nem que seja o mundo da sua própria casa….

Assim eu espero que tenha sido o meu Café, um dizer reflexivo para que de alguma eu mesma possa transformar minhas ideias em palavras, e estimular você que está lendo esse post a fazer isso também!! Logo,eu falo, tu falas, ele fala e todos nós falamos!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s