“É bom amigos a gente ter, é bom amigos a gente fazer…”*

“Um amigo de verdade é como o sol. Não precisamos vê-lo todo dia para lembrar que ele existe.” No último dia 20 de julho comemoramos mais um Dia do Amigo, uma data que existe em vários países para comemorar uma das melhores relações da vida a amizade.

E você já conseguiu imaginar o que seria de nossa vã existência se não fosse noss@s amig@s. Certamente grande parte das sensacionais histórias que tenho pra contar sobre minha vida acontecerem com @s amig@s. São eles/elas que dão o tom da nossa vida, que riem, choram, se alegram, nos dão broncas, estão juntos mesmo que longe.

Uma das coisas mais legais sobre a amizade é que com @s amig@s a gente pode ser que realmente é, ao contrário de quando estamos afim de um rapaz que temos que ao menos a princípio esconder nossos defeitos, nossas fragilidades com @s a gente sempre pode ser quem é, aliais pode até ser cobrado se fizer algo diferente da personalidade que temos.

Sempre considerei que uma das melhores formas para descrever o amor vem da divisão dos gregos que tem o amor ágape ( amor à Deus), Eros (amor pelo nosso par) e o amor filos (pel@s noss@s amig@s). Com essa divisão nós conseguimos muito bem separar os sentimentos, e viver o amor filos por um monte de gente.

Amig@s nos trazem paz, confiança, amor, disposição, acolhida, ás vezes nos dão aqueles conselhos que só poderiam vir deles/delas mesmos, que nos colocam no nosso devido lugar, e tal conselho só pode vir deles/delas mesmo, pois são pessoas que nos conhecem bem. Afinal amizade é isso mesmo, é convívio, é comunhão, é permitir se conhecer e também ser conhecid@ pelo outro alguém. É uma relação que extrapola um sentido lógico, afinal tod@s temos aqueles/aquelas amig@s que aparentemente não tem nada a ver conosco mais que a gente não consegue viver longe deles/delas.

Quero com meu Café de hoje brindar a amizade, essa grande mesa as Cinquepoca é uma demonstração de nossa amizade, que surgiu justamente do sonho do dono da mesa em colocar os amigos de vários lugares, refletindo sobre diversos assuntos num só lugar. Cabe aqui um agradecimento público ao Kadu por me permitir fazer parte dessa tão amável mesa!

E claro que vou encerrar meu Café agradecendo a você minha amiga e meu amigo que abençoa minha vida pelos simples fato de existir, e de estar perto de mim, de sempre dividir sua história com a minha história. Vocês tod@s são presentes preciosos do Senhor na minha vida. E como diria uma frase do filme “Os miseráveis”: “amar outra pessoa é ver a face de Deus.” . Vejo a fase de Deus na vida de cada um/uma de vocês!

*O Título do texto de hoje é um verso de uma música infantil sobre amigos

**Usei o @ como efeito para ao mesmo tempo usar a letra o e a letra a.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s