Paaaaiiii!!!

No domingo passado celebramos o Dia dos Pais. E vejam só o primeiro registro histórico de uma manifestação em homenagens a figura paterna remota a Babilônia há mais de quatro mil anos atrás quando um jovem chamado Elmesu fez uma tábua de argila com palavras em homenagem ao seu Pai. Mas as comemorações como temos hoje remontam ao ano de 1909 quando a estadunidense Sonora Luise, resolveu homenagear seu pai. Daí para a data torna-se uma celebração oficial do Calendário dos EUA e estender-se para outros países foi uma questão de tempo. E em 1953 as comemorações chegaram aqui no Brasil, trazidas nada mais nada menos do que pelo jornalista Roberto Marinho.

Mercado de consumo à parte eu gosto muito dessas datas porque eles nos possibilitam a celebração da história, da vida dos que amamos. E o que seria de nossas vidas sem o cuidado paterno?? Eles que parecem sempre meio coadjuvantes no processo de cuidado com os filhos, principalmente nos primeiros meses de vida. Meu Pai, que é mais das antigas sequer trocou uma das minhas fraldas. Contudo hoje os Pais são mais modernos e estão conseguindo, de uma certa forma, ajudar, tornando-se mais participativos nesse processo inicial.

Na minha família Papai João da Silva, sempre é o provedor e protetor, aquele que quer proteger a três mocinhas da casa. Que sempre me levou e buscou na escola, e até mesmo no trabalho, durante um longo tempo, era ele que me levava. Demonstra seu carinho com suas ações. Quer se divertir horrores com ele assita um jogo de futebol em sua companhia, ele não gosta muito, e por isso faz os comentários mais engraçados do mundo.

Mas tem muita gente que neste dia não tem seu Pai para comemorar, ou ainda aqueles Pais que não tem mais seus filhos por perto, a esses o que sugiro é convidar alguém que seja significativo como figura paterna para uma mesa de Café, aos Pais sem filhos, adotem filhos para uma mesa de Café e celebrem a importância de ter alguém que se preocupa paternalmente com você. Certamente será um momento enriquecedor, cosolador e celebrativo para todos. Afinal nós sempre podemos ver a vida pelo lado bom.

Quero encerrar meu Café de hoje com a letra de uma música de um Pai para uma filha que tem uma letra linda, e que pode inspirar muitos Pais por aí, e que eu espero que o Pai dos meus filhos possa cantá-la para eles, rs. É uma música da Banda Maskavo, que diz: “Um anjo do céu. Que trouxe pra mim. É a mais bonita. A jóia perfeita. Que é pra eu cuidar. Que é pra eu amar, gota cristalina.Tem toda inocência.Vem, Oh! meu bem. Não chore não. Vou cantar pra você.”

Esse Café de hoje foi em homenagem as todos os meus amigos Papais, aos Papais da Família Medeiros da Silva, e em especial o meu Pai João. Pai, prometo não tomar o Café antes de você, esse aqui é todinho seu!! rs. Que o nosso grande Pai Celeste possa proteger e instruir a todos o Papais terrenos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s