Tommy: esse só não escuta

E como seria não ouvir nada?
Nada, nada!
Nem voz, nem tons, nem natureza, nem barulhos, nem ruídos…
Nada…
Nascer com algo que impossibilite ouvir, ou com o passar dos anos ir perdendo…
O que é a música para quem não escuta nada?
Não é…
Sou suspeito, mas vejo a música como algo que traz um clima para as coisas, uma trilha para momentos, uma catarse no canto alto e desafinado no carro com música nas alturas… as propagandas… tudo em minha experiência de vida, indica algum ponto em que é necessário ter a música…
Mesmo que seja músico, vejo que essa verdade não se configura exclusiva da área:
as músicas e as pessoas são tão próximas que já faz parte do viver.
Qualquer deficiência, qualquer necessidade especial se configura com algum aspecto de perda, e requer alguma estratégia para possibilitar uma vida boa, bem estar e autonomia.
Sei que quem não escuta, nunca escutou, mas não consigo deixar de imaginar isso… e me pego prendendo o ar junto com o pensamento… sufocante…
Talvez a música seja diferente para quem não pode escutar…
talvez sejam as cores e suas tantas frequências que ditem uma música do ver, uma canção harmônica fazendo terça da árvore com o tronco, do pássaro com o vento, do céu com as nuvens.
Não sei, mas espero que exista música para os olhos, e que quem não posso ouvir com os ouvidos, que escute com os outros sentidos!
Talvez sejam os gestos que façam música! Não sei, tomara que sim!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s