Agosto tem gosto de Folk lore

Eu sempre considerei agosto um mês interminável. É um mês em que lembramos de muitas Histórias que não são tão boas assim, afinal foram em agosto que morreram personagens históricos tais como: Martin Luther King, Getúlio Vargas, Princesa Diana, o rei do Rock Elvis Presley. Além dos ataques atômicos as cidades de Hiroxima e Nagasaki, que inclusive eu já falei esse mês na nossa Mesa.

Mas além disso o que sempre me fez considerar agosto um mês interminável eram as comemorações do dia do Folclore no Brasil, a saber dia 22. Desde os meus tempos escolares, até chegar a ser professora a impressão que eu tinha é que as lendas, os costumes, todas as manifestações culturais populares acabavam, já haviam sido estudadas, comentadas a exaustão, mas o mês insistia em não acabar. rs Agosto por si só tornou-se uma lenda pra mim. rs

Mais as lendas, e tudo o que sempre estudamos na escola sobre as manifestações do nosso folclore, parecem meio sem sentido, contudo são de suma importância para a nossa formação intelectual e social. Conhecer nossos costumes culturais, descobri suas origens nos ajudam na formação de que nós somos. As lendas por mais absurdas que pareçam nos ensinam muitas coisas, sobre identidade cultural, sobre como o mundo foi visto e explicado um dia. E como cada Estado brasileiro foi construindo seus próprios costumes, conhecer nosso folk lore ajuda a entender melhor o ponto de vista do outro.

Sim entender a cultura que a pessoa faz parte nos ajuda a entender e a lidar melhor com as pessoas, a sermos mais acolhedores, mais sensíveis as diferenças e assim crescermos juntos. Muitos problemas de preconceitos étnicos culturais seriam facilmente resolvidos e até evitados se olhássemos mais profundamente para a formação cultural que a pessoa tem. Afinal, querendo ou não somos um produto do meio em que vivemos, é isso não é uma lenda. rs

Bora então ler mais sobre Lobisomem, Negrinho do pastoreio, Boitatá, Curupira, Saci Pererê, Boto Cor-de-rosa, Vitória Régia, chás medicinais caseiros, Boi Bumba, artesanato, frevo, baião, festas típicas, etc e etc.
Faça uma mesa de Café às Cinquepoca com comidas típicas e aproveite o melhor que a nossa cultura nacional tem, conte a seus amigos as melhores lendas que já ouviu e perceba a riqueza que a cultura popular de nossas terras possuem.

Assim, quem sabe, agosto vai passar mais rápido e a vida vai ser mais bonita, mais cheia de vida em meio aos desgostos que cada mês pode nos trazer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s