“Criança feliz, feliz a cantar…”

Recentemente nossos Feed de notícias do Facebook foram invadidos por uma enxurrada de fotos de crianças. Tentamos desesperadamente, ainda que fosse apenas através de uma foto, voltar a ser criança. É como é duro perceber que a gente cresceu, e que o tempo não volta mais. Quem dera podermos habitar a Terra do Nunca!

E que saudade que dá de ser criança, não ter que se preocupar com a vida, com as contas do banco, poder viver brincando, ter apenas como preocupação as lições escolares, não ter que se importar muito com o relógio, com o tempo que as coisas podem durar, tudo é sempre uma grande festa. Uma alegria sem fim.

Eu, de uma certa forma, tentei prorrogar minha infância nos anos que trabalhei dando aula em Educação Infantil. Como meus alunos tinham por volta dos três, quatro anos, eu aproveitava para sentar com eles e brincar, com a desculpa que não bastava ser professora, tinha que participar. E assim eu aproveitava para entrar na piscina de bolinha, brincar de fazer bolinho de areia no tanque de areia, criar meus bonecos com massinha, montar castelos com o lego, jogar bola. Teve muitas vezes que eu me divertia muito mais que eles. rs.

Mas no Dia das Crianças desse ano, eu deixei um pouco de lado as minhas memórias infantis e comecei a pensar nas milhares de crianças de nosso país, que tem sua infância roubada, seja por causa do abuso do trabalho infantil, do abuso sexual, da violência, da fome, ou por falta de brinquedo. Foi então que pensei o que nós adultos tão saudosos podemos fazer para viabilizar meios para que essas crianças possam ter ótimas memórias infantis tais quais nós temos.

De repente é só estarmos mais atentos, olharmos mais ao nosso redor, prestar mais atenção na rua, tentar enxergar nas crianças que vemos diariamente o que elas podem estar precisando e termos a coragem e a disposição de irmos ao encontro de suas necessidades. Talvez não consigamos acudir as necessidades de todas as crianças brasileiras, contudo podemos fazer a diferença ao menos na vida de uma criança.

E fazendo a diferença na vida dessa criança podermos então cantar junto com ela em alto e bom som: “Criança feliz, feliz a cantar, alegre embalar seu sonho infantil…”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s