Os bons morrem jovens?

Na madrugada do último domingo, dia 01 de dezembro, o mundo foi surpreendido com a notícia da morte brutal num acidente automobilístico do ator Paul Walker. Ele que era um cara lindo, maravilhoso, bem sucedido, que tinha um prazer todo especial de ajudar pessoas, se envolvia em causas sociais, se preocupava com o próximo. Certamente todo mundo se perguntou, como um cara assim pode morrer ainda tão jovem. Na canção “Os bons morrem jovens” da banda Legião Urbana nos primeiros versos ela diz assim: “É tão estranho / Os bons morrem jovens /Assim parece ser, quando me lembro de você /Que acabou indo embora, cedo demais…”
E quantas vezes nós tivemos mesmo essa sensação que os bons morrem jovens, que a vida é injusta com quem busca justiça. Quantas vezes culpamos Deus por essas mortes. Eu já fiz muitas dessas perguntas, mas dessa vez com a morte de Paul Walker procurei um outro caminho, uma outra reflexão. Talvez o problema não esteja apenas na morte prematura dos bons e sim em nossa incapacidade de perceber o quanto as pessoas são boas enquanto elas estão vivas.
Quantas e quantas vezes é muito mais fácil para nós criticar o que os outros fazem, julgar o que deixam de fazer. Ás vezes elogiar a outrem parece que vai arrancar um pedaço de nós. Quantas pessoas você elogiou essa semana?? Esse último mês?? Durante todo esse ano?? Que zilhões de iniciativas de pessoas próximas a você contribuíram para o bem comum que você apoiou, que você incentivou e compartilhou. Por quantas vidas você agradeceu o celebrou a existência?? Quantas pessoas você aplaudiu esse ano?? Será que é preciso alguém bom morrer jovem para que nós possamos celebrar a importância de sua vida, de lamentar sua morte??
Creio que já passou da hora de revermos nossos conceitos. É preciso reconhecer mais as obras boas das pessoas enquanto elas estão no meio nós, isso além de um incentivo para a própria pessoa continuar no seu caminho, é também um exemplo para que outros possam seguir o mesmo caminho de paz, justiça, amor e esperança.
Assim, encerro meu Café de hoje sugerindo que você convide alguém que teve uma boa iniciativa esse ano, que buscou fazer do mundo um lugar melhor de se viver para um café, como forma de gratidão, agradecimento e incentivo para a pessoa. Bora celebrar vida enquanto ela tem fôlego!

#RIP Paul Walker

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s